Baden Baden Witbier – Geladas

logo_baden_baden_atual

Minha preferência por witbiers não é segredo aqui no GASOLINE SAUCE. Acho uma cerveja extremamente refrescante, aliás mais refrescante do que as standard lagers que conhecemos, ao contrário do que muitos pensam. As witbiers são originárias da Bélgica, lembre-se da história aqui, e normalmente apresentam uma coloração bem característica amarelo palha. A melhor palavra para definir uma witbier é: elegência.

A Baden Baden Witbier não é diferente. Produzida com maltes de trigo e de cevada, ela não é filtrada e seu sabor traz a refrescância cítrica da laranja, com um leve sabor picante do coentro. Na verdade a não filtração da cerveja é por conta dos grãos do trigo, que possuem uma casca pequena e tornam a filtração, em muitos casos, opcional.

Por conta do coentro ela harmoniza com frutos do mar, peixes e queijos branco (brie, camembert e cabra). Aliás, aprendi uma dica simples e que ajuda na escolha da cerveja para acompanhar seu prato: cervejas claras combinam com carnes brancas, sendo sua recíproca verdadeira, ou seja, cervejas escuras com carnes escuras. Não é uma regra, mas ajuda demais.

baden-baden-witbierCerveja: Baden Baden Witbier

Transparência: Turva, opaca

Cor: Amarelo palha

Espuma: Branca, de média formação

Aroma: Cítrico (cascas de laranja) e coentro

Sabor: Cítrico, com baixo amargor, corpo médio e ótimo drinkability

Copo: Pint (inglês), ou Caldereta

IMG_3278

Gosta de witbier? Veja também aqui e aqui.

Anúncios

Geladas – Hoegaarden

hoegaarden

Assim como nossas ideias, acredito que nosso paladar vai amadurecendo, se transformando, com as novas opções disponíveis para consumo… lógico, estou falando de cerveja. Também acredito que o estilo de cerveja acompanha o clima, ou melhor, a estação do ano. Por isso, as Witbiers estão se tornando as minhas preferidas… sempre refrescantes, leves e de ótimo drinkability.

Hoje, vou falar da Hoegaarden, uma autêntica cerveja de trigo belga. O nome da cerveja já nos remete à Bélgica, pois Hoegaarden é o nome de uma pequena vila ao norte do país. Outro ponto interessante é o processo de fabricação, bastante complexo com a primeira etapa de alta fermentação. Após isso a cerveja é engarrafada sem pasteurização e permanece em repouso por mais três semanas para que aconteça a refermentarão dentro da garrafa. O resultado é uma cerveja amarelo ouro, aromática e muito saborosa.

beer_399Cerveja: Hoegaarden

Transparência: Turva, opaca

Cor: Amarelo ouro

Espuma: Branca, de média formação

Aroma: Cítrico (cascas de laranja) e coentro

Sabor: Cítrico, com baixo amargor, corpo leve e ótimo drinkability

Copo: Pint (inglês), ou Caldereta

img_1751

 

Geladas – Vedett Extra White

beer-11097_23f92_hd

Com um clima mais agradável, já que estamos quase no verão, as cervejas de corpo mais leve são indicadas pois são mais refrescantes e tendem a ter ótimo drinkability. A Witbier é uma ótima opção para te acompanhar… principalmente se ela for uma Vedett Extra White!

Pertencente à família Vedett desde 2008, a Extra White se destaca pela refermentação que ocorre na própria garrafa, fazendo com que ela tenha ótima formação de espuma branca, além de notas cítricas provenientes de seus ingredientes extras, como semente de coentro e casca de laranja. A coloração segue o estilo da cerveja, amarelo palha, porém por não ser filtrada aparenta um pouco mais de turbidez ocasionada pelos elementos naturais.

Produzida na Bélgica, pela cervejaria Duvel Moortgat, chega aqui no Brasil com um preço mais alto. Mas mesmo assim recomendo fortemente a experiência, e lógico, não esqueça de guardar a garrafa na sua coleção!

433-wbeer-01Cerveja: Vedett Extra White

Transparência: Levemente turva

Cor: Amarelo palha

Espuma: Branca, de média formação

Aroma: Cítrico, laranja e limão, e especiarias

Sabor: Cítrico frutado, com baixo amargor, corpo leve e ótimo drinkability

Copo: Pint (inglês), ou Caldereta

img_1561

Quer mais uma opção de Witbier? Veja aqui!

Geladas – Júpiter Tânger

6077-cervejaria-jupiter-98-1398642702

Percebi que nunca havia falado sobre as Witbiers antes, então porque não começar com o pé direito?! Hoje vou falar sobre a Júpiter Tânger, um ótimo exemplar do estilo que nasceu na Bélgica e tem mais de 400 anos de história.

A Witbier é caracterizada pela coloração amarelo palha, turbidez e leve sabor, perfeita para se tomar em dias quentes. A turbidez, como em qualquer cerveja de trigo, vem dos resíduos de levedura em suspensão da fermentação do trigo, que faz muito bem para a digestão. A espuma é branca e cremosa de boa formação, mas a grande característica do estilo é o aroma cítrico, normalmente vindo de cascas de laranja.

Não é difícil encontrar Witbiers com sementes de coentro em sua fermentação, que junto com os toques cítricos, deixam a cerveja refrescante e leve. No caso da Júpiter Tânger, são cascas de tangerina e especiarias que a deixam especial. Em resumo, a Júpiter Tânger tem aroma condimentado e sabor frutado.

Uma cerveja elegante e ao contrário de uma Weiss, deve ser consumida no copo pint… aquele inglês típico das cervejas Ale e Stouts. Se esse copo não faz parte da sua coleção, utilize um caldereta (aquele das IPAs).

cerveja-jupiter-tanger-300mlCerveja: Júpiter Tânger

Transparência: Levemente turva

Cor: Amarelo palha

Espuma: Branca, de média formação

Aroma: Cítrico e especiarias

Sabor: Cítrico-frutado, com baixo amargor, corpo leve e ótimo drinkability

Copo: Pint (inglês), ou Caldereta

img_1359

Se é fã das Júpiters, leia também aqui e aqui.