Rebelde sem causa

2017-honda-rebel_lifestyle-07

Focada no lifestyle a Honda lançou uma nova versão, totalmente remodelada, da antiga Rebel 250. Em produção nos EUA desde 1985, a Rebel era dotada de um motor de 234 cm³ de dois cilindros paralelos e duas válvulas por cilindro. Quase uma versão menor do motor de 400 e 450 cm³ das CB’s, que possuíam 3 válvulas por cilindro.

Para 2017, a Honda já conta com duas versões: Rebel 300, com motor monocilíndrico de 286 cm³, 4 válvulas e refrigeração líquida; Rebel 500, com motor bicilíndrico paralelo de 471 cm³, 4 válvulas por cilindro e refrigeração líquida. Os motores, compartilhados das esportivas CBR 300R e CBR 500R respectivamente, sofreu um leve ajuste para entregar maior torque já em baixas rotações.

2017-honda-rebel_lifestyle-09

A posição do piloto é relaxada e neutra, com fácil acesso ao guidão e às pedaleiras. Com distância entre eixos quase 90 mm maior do que a naked CB 300R (1402 mm contra 1490 mm), a Rebel permitiu um assento mais baixo com 690 mm do solo, contra 781 mm na CB 300R. Fiz a comparação à pequena naked, por ser a que mais vemos nas ruas e semáforos.

Fácil de reconhecer o estilo bobber na Rebel, com banco solo e para-lama traseiro “cortado”, similar às H-D’s Iron e 48. A roda dianteira inclusive, me lembrou bastante a 48, com roda e pneu idêntico à roda traseira. E como já era de se esperar dentre as opções de cores, é possível escolher um cinza fosco, além do tradicional preto brilhante, de duas desnecessárias cores vibrantes: vermelho e amarelo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Thug style

Enviadas pelo meu correspondente europeu Rodrigo Meninu, essa bandida aí me enganou na identificação do modelo. Mas, consegui!!

É uma Nightster, mas nem consigo listar os itens customizados… praticamente só peguei pelas rodas raiadas e pintura do motor, cinza mais escuro que a 883 STD. De resto, tudo foi customizado: filtro de ar, escapamento, para-lamas traseiro, banco sela, tanque (grafismo e tank lift), amortecedores, guidão, suporte da placa… fora o que não conseguimos ver nas fotos. Gostei muito dessa britânica aí!!

Aliás, lembre-se da Nightster aqui.

Born to be wild!

Esse não é só o refrão de uma música, é praticamente um jargão para quem tem uma H-D! E porque estou falando isso? Porque no Marcio Vital (BH Riders) fotografou um rolê com os amigos e uma moto em especial me chamou atenção… justamente aquela que possui essa frase na capa da correira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ele já havia fotografado apenas ela em uma outra ocasião, veja aqui, mas reparem que alguma coisa mudou. Sim, exatamente… pneus Firestone Champion Deluxe! Falei deles aqui.

Essa bandida aí está rebaixada com amortecedores PS na traseira e a frente mexida. Não existe mais para-lamas, como uma bobber deve ser, e as bengalas dianteiras estão cobertas por uma capa. Simplesmente fantástica, mas se fosse minha eu já teria arrancado a capa da correia, aqui.

Capa?

img_1064

Amigo: E aí, o que manda?

Eu: Nada… Ahh, comprei uma capa nova para o iPhone.

Amigo: Capa? Ahh, imita um pneu… legal!

Eu: Mas não é qualquer pneu… é um Firestone Champion Deluxe!

Não preciso nem dizer que após eu dizer isso, ele ficou parado me olhando com uma cara de interrogação. Percebendo isso tentei explicar, mas mesmo assim não deu certo e eu desisti. Só tenho certeza que ele entendeu que comprei a capa em um site da Austrália chamado 100 mph, que possui algumas legais relacionadas à Cafes Racers. Demorou mais de um mês, mas chegou!

firestone_poll_02Já o Firestone Champion Deluxe é um pneu utilizado nas restaurações/customizações de motocicletas nos estilos Cafe Racer, Brat ou Bobber. Tem um desenho característico, idêntico ao da capa de iphone, com as laterais bem lisas e altas, além das inscrição Firestone. O visual é fantástico, deixa a moto totalmente vintage e charmosa! Gostou?