Super Hero Customs

Na Austrália, a Harley-Davidson fez uma série de motos customizadas baseadas nos super heróis da Marvel. Selecionei algumas fotos para exemplificar, mas perceba que até o capacete recebeu uma customização.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na verdade, não me atraio por super heróis e pouco sei sobre os lançamentos de Hollywood relacionado ao tema. Então por que escrever sobre essas motos customizadas? Porque, além das customizações interessantes que destaquei, baseadas na família Sportster, a foto abaixo me fez lembrar de uma situação muito engraçada que aconteceu comigo no ano passado.

200412

São normais perguntas sobre a Eva quando paro no semáforo, sendo as mais comuns sobre a cilindrada do motor e dos espelhos rebatidos para baixo. Mas o fato engraçado que comentei anteriormente foi justamente sobre a “moto do Capitão América”.

Após três ou mais paradas de semáforo, um rapaz que me acompanhava em uma Twister amarela levanta a viseira do capacete e pergunta:

— Qual a cilindrada?

— 900! — respondo.

—Da hora! Pretona assim… fosca… da hora! — se empolga o camarada.

—Valeu! — respondo orgulhoso, porém sem graça.

— E ela treme toda… quanto vale? Uns 70 paus?

— Não, uns 20.000 só! — Nem sei porquê, mas nessa hora meu pensamento foi jogar o valor da moto mais para baixo possível. Vai que…

Espantado, o rapaz emenda — Só? Achei que fosse mais!

— Não… isso é mito! — reforço.

— Da hora, parece a moto do Capitão América! Muito loka!! — comecei a dar risada e me despedi, pois o semáforo abriu naquele momento.

A moto que ele estava se referindo, não era uma Sportster Iron… era uma Street 750 que foi usada no filme Capitão América 2: O soldado invernal. Aliás, o lançamento da família Street foi baseada nessa aparição. E da Street 750 eu falei aqui e aqui.

capitao-america2

Triumph Scrambler

Se você assistiu ao filme Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, com certeza reparou a motocicleta do personagem Owen Grady (Chris Pratt), uma Triumph Scrambler com leves customizações. A mais notável, talvez, seja o escape 2 x 1 Arrow… seguido de um guidão trail, banco solo e rack traseiro. A lanterna traseira também ligeiramente diferente da lanterna original.

Poxa legal, mas por que você está falando sobre essa moto só agora!? Porque a Triumph vai lançar aqui no Brasil a Street Scrambler, além da Street Cup e da Bobber (aqui). Montada na mesma base da Street Twin, com motor de dois cilindros e 865 cm³, que gera 55 cv de potência e 8,15 kgfm de torque. Sua principal concorrente é a Ducati Scrambler, que usa motor de 800 cm³, porém com rodas de liga leve. Os itens eletrônicos seguem a tendência do mercado, com ABS e acelerador eletrônico.

8kzb-640x427

Como eu disse nesse post aqui, esse ano teremos muitas novidade por conta do Salão das Duas rodas… vamos aguardar.

Thug style

Enviadas pelo meu correspondente europeu Rodrigo Meninu, essa bandida aí me enganou na identificação do modelo. Mas, consegui!!

É uma Nightster, mas nem consigo listar os itens customizados… praticamente só peguei pelas rodas raiadas e pintura do motor, cinza mais escuro que a 883 STD. De resto, tudo foi customizado: filtro de ar, escapamento, para-lamas traseiro, banco sela, tanque (grafismo e tank lift), amortecedores, guidão, suporte da placa… fora o que não conseguimos ver nas fotos. Gostei muito dessa britânica aí!!

Aliás, lembre-se da Nightster aqui.

Born to be wild!

Esse não é só o refrão de uma música, é praticamente um jargão para quem tem uma H-D! E porque estou falando isso? Porque no Marcio Vital (BH Riders) fotografou um rolê com os amigos e uma moto em especial me chamou atenção… justamente aquela que possui essa frase na capa da correira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ele já havia fotografado apenas ela em uma outra ocasião, veja aqui, mas reparem que alguma coisa mudou. Sim, exatamente… pneus Firestone Champion Deluxe! Falei deles aqui.

Essa bandida aí está rebaixada com amortecedores PS na traseira e a frente mexida. Não existe mais para-lamas, como uma bobber deve ser, e as bengalas dianteiras estão cobertas por uma capa. Simplesmente fantástica, mas se fosse minha eu já teria arrancado a capa da correia, aqui.