Scooters e motonetas

s9JHV

Se procura um veículo barato, com baixo consumo de combustível e prático para se locomover em cidades, a dica é: scooter. Não importa muito se você se refere a elas como motonetas ou scooters, o importante é que chegam a fazer mais de 35 km com 1 litro de gasolina.

As motonetas surgiram ao final da segunda guerra mundial, quando o italiano Enrico Piaggio teve a visão de um meio de transporte cômodo, de fácil manejo e barato. Após um frustrado projeto desenhado por Renzo Spolti, Piaggio procurou ajuda de um engenheiro aeronáutico chamado Corradino D’Ascanio, fissurado em aviões. O veículo foi desenhado com aspecto revolucionário para sua época. Diz a lenda que quando Piaggio viu pela primeira vez o protótipo exclamou: “Bello, sembra uma vespa!” (“Bonito, parece uma vespa!”), fazendo ilusão ao inseto.

vespa 98- 1946
Vespa 98

Surgiu então a Vespa 98, apresentada em 1946. Depois dela, ou praticamente junto, vieram as Lambretas. Logo as motonetas se popularizaram pelo mundo e nas décadas seguintes tiveram vendas significativas. As Vespas e Lambretas foram as escolhidas pelos jovens em movimentos no Reino Unidos, Mods e depois skinheads. Uma das razões é que o transporte público encerrava suas atividades relativamente cedo e as motonetas eram mais baratas que automóveis.

LambrettalogoDecal50cm

Nesta mesma época outro movimento de jovens, os rockers, centrados em motocicletas cafe racers, entravam em constantes conflitos. Em 1964, o conflito “mods versus rockers” deu origem a um pânico moral voltado contra a juventude moderna na Grã-Bretanha.

Mas não foi por isso que as motonetas perderam espaço nas décadas seguintes. As japonesas e suas modernas 125 cm³ do final da década de 70, e as restrições ambientais de emissão de poluentes na década de 80, fizeram as vendas e produções de Vespas e Lambretas tenderam à zero nas Américas.

harley_davidson_topper_scooter_9Até a HD lançou sua scooter. Lançada em 1960, a Topper com motor dois tempos de 165 cm³, durou apenas 5 anos em linha de produção.

Hoje, nosso cenário é totalmente diferente. Visando exatamente as mesmas coisas que fizeram com que as motonetas saíssem do papel, as grandes montadoras se renderam aos poucos aos encantos das scooters. De 2007 à 2012 foram vendidas mais de 26.200 scooters, resultando um crescimento de 800%. Acha um número impressionante? Só no 1º semestre de 2015 foram vendidas quase 24.000 unidades, somando as cinco mais vendidas.

Com câmbio automático, em muitas o CVT – ausência de engrenagens, fácil pilotagem, sistema de frenagem assistida (algumas até com ABS), baixo consumo de combustível e um sistema de transporte público caótico e saturado, a dica do GASOLINE SAUCE sem sombra de dúvidas é: se você quer um veículo de transporte barato e econômico, compre uma scooter e seja bem-vindo ao mundo das duas rodas! Qual? Daí depende da sua utilização. Mas fique ligado, farei outros posts voltados ao assunto.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s